Quer Ajuda?

Quem é você?

Seta Quer Ajuda Seta Quer Ajuda

Qual seu interesse?

Seta Quer Ajuda Seta Quer Ajuda

Qual sua necessidade?

Institucional: Notícias | Portal SESI

Institucional

Notícias

Parceiros e empresários comemoram o Dia da Indústria e os 70 anos do SESI em Feira de Santana

Editoral:

Luiz Figueiredo, Gerente da Unidade SESI de Feira de Santana Foto: Silvio Tito/Coperphoto/Sistema FIEB
 
Atualizada em 15.06.2018
 
O Serviço Social da Indústria (SESI) reuniu empresários e parceiros da região de Feira de Santana para comemorar o Dia da Indústria e os 70 anos do SESI Bahia. O evento ocorreu nesta terça-feira, 13.06. Para marcar a data, foi realizada a palestra “e-Social e SST: Como o empresário deve se preparar”.
 
Na oportunidade, foi relembrada a história do SESI Bahia, bem como as principais realizações e investimentos na unidade de Feira de Santana nos últimos cinco anos. Os desafios face à Indústria 4.0, tema que é a base do programa da nova gestão de Ricardo Alban à frente do Sistema FIEB, também foram apresentados aos convidados.
 
O selo comemorativo, assim como o carimbo, ambos alusivos aos 70 anos do SESI, foram apresentados ao público presente, que também conheceu os projetos do Centro de Fisioterapia do SESI Feira de Santana e do programa Sesi Viva Mais!, que serão lançados este ano.
 
De acordo com o gerente do SESI Feira de Santana, Luiz Figueiredo, o Centro de Fisioterapia vai inserir o SESI Bahia em uma nova área e ampliar sua atuação, oferecendo uma estrutura moderna, dotada de equipamentos de última geração. Para isso, a entidade conta com a assessoria do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, que é referência nacional na área de fisioterapia. A unidade entra em operação a partir da segunda quinzena de julho e a expectativa é atender uma média de 2.400 pessoas por ano. “O espaço será voltado para atender os trabalhadores da indústria, mas também a comunidade em geral”, explica 
 
Autoridades e representantes da indústria da região participaram do evento Foto: Silvio Tito/Coperphoto/Sistema FIEB
Autoridades e representantes da indústria da região participaram do evento Foto: Silvio Tito/Coperphoto/Sistema FIEB
 
Comemorações
 
Em relação às comemorações do Dia da Indústria e dos 70 anos do SESI, Luiz Figueiredo lembrou que foi uma oportunidade de reunir parceiros e apresentar os principais investimentos que o SESI Bahia vem realizando em Feira de Santana. “A unidade do SESI em Feira é uma importante Unidade da entidade na Bahia, responsável pelo atendimento de 29.000 pessoas por ano e mais de 500 indústrias. Neste encontro, tivemos a oportunidade, além de celebrar, nossos 70 anos de história, de mostrar aos nossos parceiros os serviços que o SESI oferece e o quanto vem se modernizando para atender às necessidades da sociedade e da indústria, em particular”, reforçou.
 
O evento reuniu 129 pessoas, representantes de 31 indústrias e de 18 entidades e instituições parceiras, como o SEBRAE, SENAI, IEL, CIFS, CIS, além das lideranças dos cinco sindicatos patronais da indústria de Feira de Santana. Estiveram presentes o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, o presidente da Câmara Municipal, José Carneiro Rocha, o presidente do Centro das Indústrias de Feira de Santana (CIFS), André Régis. A FIEB foi representada pelo vice-presidente da FIEB e vice-presidente do Sindicato de Panificação do Estado da Bahia, João Baptista Ferreira, e pelo Gerente Regional da FIEB, Antônio Luiz Sampaio. 
 
 
Palestra marcou o dia da Indústria e a comemoração dos 70 anos do SESI Foto Silvio Tito/Coperphoto/Sistema FIEB
Palestra marcou o dia da Indústria e a comemoração dos 70 anos do SESI Foto: Silvio Tito/Coperphoto/Sistema FIEB 
 
Palestra
 
Na palestra que marcou o evento, Aledson Costa, engenheiro civil, especialista e consultor técnico em gestão de Segurança e Saúde no Trabalho conduziu a palestra. Ele alertou para os cuidados necessários para evitar o aumento dos custos gerados por acidentes de trabalho. 
 
Um dos pontos abordados foi a orientação para que as empresas se mantenham atualizadas quanto à classificação de acidentes em que estão inseridas, visando a não penalização por parte da Previdência em relação ao FAP (Fatos Acidentário de Prevenção), bem como revisar as anotações para evitar erros comuns no momento de registro.