Institucional: Notícias | Portal SESI

Institucional

Notícias

Ana Maria Braga mostra história de superação de aluno de robótica do SESI

Editoral: Educação

Era uma vez um grupo de estudantes que saiu da periferia de Salvador e agora se prepara para conhecer Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Como eles conseguiram? O passaporte para a viagem, inimaginável para alguns, é a educação. Tudo começou na Escola SESI Reitor Miguel Calmon, em Salvador, com o projeto F1 nas Escolas. 
 
A equipe Sevenspeed, formada por seis estudantes, conquistou o 1º lugar na disputa brasileira, no Rio de Janeiro, garantindo a vaga no torneio internacional. Em novembro, os jovens baianos participam da etapa mundial do Torneio SESI F1 nas Escolas, que será realizada durante o Grande Prêmio de Fórmula 1 de Abu Dhabi.
 
A história dos meninos foi parar no Mais Você, da TV Globo.  O programa foi até a casa de um dos integrantes da equipe, o estudante Geovane de Souza Santos, 17 anos. De moleque avesso aos estudos, ele foi um dos protagonistas da conquista. "Não estudava. Não parava em casa", conta a mãe do jovem, Edvânia dos Santos. Só que a educação fez a vida de Geovane dar uma reviravolta daquelas. Assista à reportagem que foi ao ar nesta terça-feira (30).
 
 
Além de Geovane de Souza Santos, integram a equipe vencedora de F1 nas Escolas Beatriz Mota de Sena, Beatriz Valongo Gaspar, Ícaro Canela Teixeira de Almeida, Franciele Silva de Moraes e João Vitor Bezerra Dias. Beatriz Mota foi a líder da equipe. Beatriz Valongo foi a diretora de finanças e Franciele cuidou de marketing e da diretoria de relações públicas. Geovane Santos atuou como captador de patrocínios e João foi o designer de engenharia, enquanto Ícaro se debruçou sobre a engenharia de manufatura para conceber o protótipo vencedor da competição. O técnico é o professor de Robótica Robson Nunes.
 
Estreantes nesta categoria, os estudantes do SESI Bahia tiveram pouco mais de quatro meses para montar uma escuderia, projetar um carro de Fórmula 1 em miniatura e estudar todos os desafios da aerodinâmica e concepção de um projeto de carro para vencer a competição, que envolveu 17 equipes de todo o Brasil. Os estudantes contaram com o apoio do SENAI Cimatec, por meio de orientações de professores e técnicos dos laboratórios de engenharia de automóveis, resultando na concepção do projeto do carro vitorioso. 
 
 
REFERÊNCIA EM ROBÓTICA - O Brasil é referência mundial no ensino de robótica. Prova disso é que, nos últimos anos, ficou em 1º, 2º e em 3º lugar geral em diversos torneios internacionais, além ganhar inúmeros prêmios, nos Estados Unidos, Austrália, África do Sul e Europa, entre outros. Nos últimos cinco anos, foram pelo menos 29 equipes brasileiras premiadas. 
 
O SESI investe em robótica na sala de aula desde 2006. Todas as 501 escolas da rede contam com a metodologia no currículo.