Institucional: Notícias | Portal SESI

Institucional

Notícias

Artistas mobilizaram-se em apoio ao Teatro do SESI, uma das estruturas ameaçadas pelo corte

Editoral: Cultura

A mobilização contra a redução de 30% nos recursos do SESI e SENAI reuniu artistas baianos no Farol da Barra para participar da mobilização MEXER NO QUE ESTÁ CERTO, ESTÁ ERRADO!, neste domingo, 4.10, no Farol da Barra. Convocada pelo SESI, SENAI e FIEB, o evento contou com cinco tendas do SENAI e quatro do SESI Bahia, além de um palco montado para abrigar a Varanda do SESI. A ideia foi demonstrar para a população todos os serviços que as duas instituições realizam, voltados para a capacitação profissional, qualificação, educação de jovens e adultos e promoção da qualidade de vida. O evento reuniu cerca de 10 mil pessoas, das 10 às 13 horas.

 

 

Os artistas se revezaram no palco, após a abertura das atividades culturais pelo Núcleo de Práticas Orquestrais do SESI, formada por estudantes o SESI Itapagipe, um dos projetos do SESI que sofrem risco de descontinuidade, caso os recursos destinados à entidade sejam reduzidos por medida do governo federal.


Durante duas horas, artistas como Gereba, Marcos Ulloa, Carlos Pita, Sandra Simões, Yacoce, Lula Gazineu, Raimundo Dova, Juliana Ribeiro, Jackson Costa e Alexandre Leão proporcionaram momentos especiais a quem compareceu ao ato público. Entre uma apresentação e outra, mensagens de apoio ao trabalho do SESI Cultura, que tem como um dos principais ícones o Teatro do SESI, espaço alternativo da cena cultural de Salvador.A cantora Juliana Ribeiro fez questão de marcar presença no palco. Para ela, é importante o artista se mobilizar em favor de causas como esta. “A mobilização a partir da arte mostra o poder simbólico e social que a arte tem. A quantidade de pessoas reunidas aqui em prol da arte vai muito além do que o SESI pode imaginar”, destacou a artista, ressaltado que “o SESI me acolheu em momentos importantes da minha carreira e faz parte da minha vida e da vida de outros artistas. Vida longa ao SESI”, arrematou.



O ator Jackson Costa também fez um discurso em defesa do SESI Cultura. “Se é um projeto que tá dando certo, se se fala tanto que se constrói um povo através da cultura e da educação, e o SESI tá dando certo, em lugar de reduzir, vamos ampliar. Vamos dar mais 30% do que tem, porque aí a gente vai ter uma cidade mais feliz, com mais cultura, com menos violência. Eu sou a favor do aumento da verba e não da redução”.Alexandre Leão falou da importância da mobilização. “É muito bom ver vários artistas aqui que têm uma parceria com o SESI, que é de fato um grande parceiro, um grande  padrinho da cultura baiana e a gente tem que se mobilizar para proteger este patrimônio que a gente não pode perder”, concluiu.