Institucional: Notícias | Portal SESI

Institucional

Notícias

Jovens e adultos da região metropolitana de Salvador retomam estudos com Projeto SEJA!

Editoral: Educação

Aos 47 anos, a recepcionista Darilene de Araújo Cerqueira retornou para a sala de aula graças ao Projeto SEJA!, uma iniciativa patrocinada pela Braskem, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) e participação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), que tem como objetivo elevar a escolaridade de jovens e adultos dos municípios de Camaçari e Dias D´Ávila.

Darilene nem imaginou que poderia voltar a estudar, hoje estuda com a filha Alessa Cerqueira e foram juntas para efetuar a inscrição no programa. “Quando cheguei, encontrei os profissionais do SESI que me acolheram e explicaram que eu poderia concluir o Ensino Médio”, conta. As duas são alunas da segunda turma do Projeto SEJA!. No total, 105 jovens e adultos com mais de 18 anos têm a oportunidade de concluir o Ensino Médio na modalidade a Distância (EaD), aliado à qualificação profissional no SENAI nos cursos de Eletricista e Instalador Residencial, Controlador e Programador de Produção ou Almoxarife.

O projeto tem como diferencial a metodologia de Reconhecimento de Saberes do SESI, que identifica, valida e certifica as competências e habilidades desenvolvidas nas experiências de vida e trabalho do estudante. "O objetivo da metodologia é reconhecer e certificar as competências, por meio de um balanço entre a matriz de referência curricular e as competências desenvolvidas nas experiências de vida, e definir o itinerário formativo dos estudantes. Neste sentido, se considera que o ponto inicial dos estudos são as experiências de vida e os saberes adquiridos pelos educandos ao longo da vida”, explica a gerente de processo do SESI, Márcia Lago.

A principal vantagem desta metodologia é que o reconhecimento dos conhecimentos prévios do aluno diminui o tempo de curso, ao focar nas competências essenciais que o estudante precisa dominar para obter o diploma de Ensino Médio.

Foi o que aconteceu com Darilene, que não tinha a nota de matemática no histórico escolar. Na fase do Reconhecimento de Saberes, ela recebeu o certificado. Aí, foi só frequentar as aulas do curso de Eletricista e Instalador Residencial, do SENAI, encerradas em janeiro deste ano. “Foi o dia mais feliz da minha vida. Tenho o sonho de concluir o curso técnico de Enfermagem e precisava do certificado do Ensino Médio para conseguir finalizar este curso”, diz.

Outra que também já recebeu o certificado é Elisabete Santana, que retomou os estudos depois de 20 anos longe da sala de aula. Incentivada por um sobrinho, ela decidiu entrar no projeto. “Meu sonho é entrar na faculdade, era um sonho de minha mãe. Eu amo estudar, mas por conta do trabalho e dos filhos, não tive como conciliar os estudos. No começo tive um pouco de dificuldade, mas os professores e os colegas me incentivaram. Achei que ia ser mais difícil, mas o ensino é de uma forma que a gente aprende mesmo”, pontua Elisabete, que já planeja ingressar na faculdade, no curso de nutrição.

Sobre o Projeto SEJA!

O projeto é voltado para pessoas de baixa renda e visa elevar a escolaridade de Jovens e Adultos que ainda não possuem o Ensino Médio, proporcionando ao aluno uma oportunidade de formação para a sua recolocação no mundo do trabalho.

A segunda turma teve início em julho de 2019, com a seleção dos candidatos. Nos meses de agosto e setembro, foi realizada a etapa de Reconhecimento de Saberes, para identificar os conhecimentos dos estudantes já consolidados. O Ensino Médio é dividido em quatro áreas: Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da natureza. As aulas da área de Linguagem tiveram início em outubro e foram encerradas em dezembro. Já as aulas de matemática começaram em janeiro e seguem até março.  A previsão é que as aulas do projeto se estendam até maio de 2020.