Institucional: Notícias | Portal SESI

Institucional

Notícias

SESI-BA e Prefeitura assinam convênio para ampliar vacinação em Salvador

Editoral: SST

No Dia Nacional da Imunização (9), a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), por meio do seu Serviço Social da Indústria (SESI), e a Prefeitura de Salvador assinaram um convênio para cessão de equipes que atuarão na vacinação contra a Covid-19, priorizando trabalhadores da indústria da capital baiana.
 
Pelo convênio, 50 colaboradores do SESI-BA, sendo 30 técnicos e auxiliares de enfermagem e 20 profissionais da área administrativa, serão “emprestados” para a prefeitura de Salvador pelos próximos seis meses. Com isso, a administração municipal vai conseguir incluir outros públicos na vacinação, a exemplo dos industriários.
 
 
 
Participaram do ato de assinatura também o presidente do SINDICOM-BA, Luiz Gonzaga Andrade, representando a Fecomércio-BA, o superintendente da FIEB, Vladson Menezes, e o secretário Municipal da Saúde (SMS), Leonardo Prates. FOTOS: Bruno Concha/Secom. 
 
“Claro que o ritmo da imunização acaba sendo ditado pelo envio de vacinas, mas com mais profissionais qualificados podemos agilizar este processo. Desde o início da pandemia, o setor produtivo esteve sugerindo ações em conjunto e, hoje, fechamos mais uma parceria pela nossa cidade”, afirmou o prefeito Bruno Reis, durante ato de assinatura do convênio, realizado no drive PAF de Ondina da UFBA.
 
Na ocasião, Reis revelou que, em 2020, a prefeitura recebeu, do governo federal, mais de R$ 500 milhões, entre recursos de combate ao coronavírus e por compensações de perdas econômicas. Já este ano, os recursos recebidos não passaram de R$ 20 milhões até então. Por outro lado, a rede de vacinação e atendimento à população foi ampliada.
 
“Estamos confiantes de que o volume de vacinas vai aumentar e nossa obrigação é contribuir para o bem comum, este é um dos nortes do SESI. Não podemos lavar as mãos, temos que ajudar”, pontuou o presidente da FIEB, Ricardo Alban.
 
De acordo com o superintende do SESI-BA, Armando Neto, a instituição realiza anualmente a vacinação de 50 mil trabalhadores contra H1N1. “Em função desta experiência, a gente colocou à disposição da prefeitura 50 colaboradores para ajudar a acelerar o processo de imunização na capital”, destacou.